Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Descida à cidade

--- 
Desceu à cidade / Para ver o mar
Trazendo vontade / De o raptar
Olhou-o de frente / E então percebeu
Que o mar é presente / Futuro é o céu

Desceu à cidade / Para ver o povo
Trazendo a idade / Dum tempo mais novo
Porém ficou triste / Ao ver, abismado
Que o povo persiste / Em sofrer calado

Desceu à cidade / P’ra sentir a vida
Mas a realidade / Pregou-lhe partida
Porque a liberdade / Promessa d’outrora
Partiu sem vontade / Nem sequer cá mora

Descida que, enfim / Nem sequer valeu / Um sonho futuro
O mundo ruím / Já não é um céu / É inferno puro !!! 

27.01.2014

Sem comentários: