Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Proa de cacilheiro

--- 
Na proa do cacilheiro
Viajam acomodadas
As gaivotas da cidade
Lembrando ao bom marinheiro
Que as águas ficam salgadas
Sempre que chora a saudade

Da proa podemos ver
O pôr-do-sol a nascer
Do jeito mais natural
Pôr-do-sol que sempre traz
O doce clarão da paz
Dando luz a Portugal

Cacilheiros são a história
Dum tempo feito glória
Que na memória ficou
Sopros dum tempo passado
Em que pela voz do fado
Portugal se transformou

Maio 2013

Sem comentários: