Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sonhos meus

--- 
Todos os sonhos que tenho
Refletem o tamanho
Da vontade que em mim vive
Ninguém me poder negar
O direito de sonhar
Com amores que nunca tive

Ninguém conhece o que sou
Porque nem sempre me dou / Inteiro e de peito aberto
Quando me dou em pecado
Vou
tendo sempre o cuidado / De ter o amor por perto

O amor é o meu alento
E não há um só momento / Em que se afaste de mim
Vivo com ele em segredo
Porque
tenho muito medo / Que a vida lhe dê um fim

Defendo a alma que tenho
Sempre com o mesmo empenho / Com que defendo o amor
Faço da vida uma festa
Pra que o tempo que me resta / 
Seja uma festa maior

2 comentários:

Patrícia disse...

Versos de um amor magoado;
Versos de desventura;
Fazendo da ternura o rancor
Fazendo dos versos um Fado...

Patrícia Ubert(Brasil)



Patrícia disse...

A Poesia é um Fardo...Se cantada, um Fado.