Esta minha poesia // Simples, como o meu valor // São os sopros da magia // Com que descrevo o amor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Este site contém versos // De variado sabor // São sentimentos dispersos / Refletindo a minha cor !!! JFC
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Blogue especialmente dedicado à minha filha *Marta Castro *a razão da minha vida *
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cobertor de espuma

- - -
Não tenho pressa nenhuma / Em ver a noite chegar
Não quero que a dona bruma // Me venha fazer chorar...

- - -
Quanto mais tarde, o luar // Poisar na minha rotina
Menos tempo vai durar // Esta dor que me domina
- - -
Dor intensa, dor cruel // Tão forte como a saudade
Dor que tem o amargo fel // Da minha realidade
- - -
Meu fado é muito penoso // Minha alma é muito louca
Meu coração ansioso // Teima em saltar-me p’la boca
- - -
No meu cobertor d’espuma // Descanso a fúria do mar

Não tenho pressa nenhuma // Em ver a noite chegar.
 

Sem comentários: